Programa De Olho na Cidade

13/08/2011 - 10:31

Procurador da República diz que pode retirar acusação contra Colbert

O procurador informou ao jornal O Globo que poderá excluir da denúncia o ex-deputado Colbert Filho (PMDB) e ex-presidente da Embratur, Mário Moysés, por falta de provas concretas.
Política
Procurador da República diz que pode retirar acusação contra Colbert
A conclusão é do procurador da República Carlos Leal. Segundo publica “O Globo”, ele deverá excluir da peça acusatória relacionada à Operação Voucher o feirense Colbert Martins Filho. Na semana que vem o procurador vai apresentar denúncia à Justiça contra os investigados pela Polícia Federal, que prendeu mais de 30 pessoas supostamente envolvidas em operação de desvio de recursos, no Ministério do Turismo, em favor de uma entidade do estado do Amapá.

Colbert, secretário nacional de Desenvolvimento de Programas de Turismo, foi um dos presos mas está em liberdade desde a noite de ontem (12), mediante habeas corpus e se encontra em Brasília. O procurador declarou à imprensa que não haveria “provas robustas” contra Colbert e também o ex-presidente da Embratur, Mário Moysés.

O articulista político Josias de Souza, da “Folha de São Paulo”, divulga opinião do vice-presidente da República, Michel Temer. Disse o jornalista: “A imagem de um Colbert algemado, a caminho do avião da Polícia Federal que levou os presos de Brasília para Macapá, ateou revolta na tribo pemedeê e nos arredores governistas.

A irritação aumentou há dois dias, depois que o vice-presidente Michel Temer manuseou as folhas do inquérito, em leitura que entrou pela madrugada. Advogado, Temer concluiu que o pedaço do processo que se refere a Colbert, por frágil, não autorizava a prisão.

FONTE: Valdomiro Silva

Comentários

Leia também